As motos que viraram estrelas do cinema

As motos que viraram estrelas do cinema

O cinema pode até não ser mais a maior diversão, mas ainda tem força como fábrica de sonhos. Conheça as motos que viraram estrelas do cinema.


Por isso mesmo, a relação entre a sétima arte e o mercado automotivo, embora venal, é bastante sólida. Inclusive no universo de duas rodas.

Desde aparições rápidas a dividir a função de protagonista com um ator, muitos modelos clássicos e modernos já tiveram seus minutos de fama em cartaz nas salas de cinema. Caso, por exemplo, da BMW S 1000 RR, que já brilha no trailer do quinto longa da franquia “Missão Impossível”, com lançamento confirmado para julho nos Estados Unidos e agosto no Brasil.

Ou da “La Poderosa” Norton 500 de 1939 do filme “Diários de Motocicleta” e da Münch Mammoth guiada por Gérard Depardieu no “road movie” francês “Mamute”.

A Kawasaki marcou presença com alguns de seus modelos em “O Selvagem da Motocicleta”, enquanto a Honda deu suporte ao agente secreto James Bond em “007: Operação Skyfall” com uma CRF 250R.

A Triumph teve suas TR 6S Trophy e Thunderbird 6T marcadas nas películas nos clássicos “Fugindo do Inferno” e “O Selvagem”, respectivamente. Mas a “queridinha” dos cineastas – ou, na prática, a que parece gostar mais de aparecer – é a Harley-Davidson.

Entre diversas aparições em longas, algumas inesquecíveis são as da Softail Springer envelhecida de “Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”, a Fat Boy de “O Exterminador do Futuro 2” e as Hydra-Glide utilizadas em “Sem Destino”. 

Filmes em que a motocicleta vira protagonista


“Missão Impossível – Nação Secreta” – O filme só estreia no final de julho – no Brasil, será em 13 de agosto – mas já é possível ver em seu “trailer” uma das estrelas sobre rodas: a BMW S 1000 RR, parceira do ator Tom Cruise em sequências de ação – nos primeiros filmes da franquia, essa função era exercida por modelos da Triumph. A superesportiva da BMW rende 193 cv e torque de 11,4 kgfm. No Brasil, custa a partir de R$ 75.900.

007: Operação Skyfall


“007: Operação Skyfall” – Os veículos são sempre estrelas à parte nos filmes que contam as aventuras do agente secreto britânico James Bond, mais conhecido como 007. No longa “Operação Skyfall”, o ator Daniel Graig pilotou uma Honda CRF 250R na pele do personagem. A moto tem motor monocilíndrico de 23,1 cv e torque de 2,24 kgfm e é vendida no Brasil por R$ 18.221.

Mamute
“Mamute” – O “road movie” francês mostra um trabalhador que, na época de se aposentar, descobre que não tem direito ao benefício enquanto não conseguir comprovar seus anos de serviço em diferentes empresas. Para isso, parte em uma viagem pelo Sudoeste da França em sua Münch Mammoth. A moto alemã, fabricada entre 1966 e 1975, usa um motor automotivo de quatro cilindros e 1.177 cc da NSU e pesava quase 300 kg.

Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal
“Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal” – O ator Shia LaBeouf pilotou no filme uma Harley-Davidson Softail Springer de 2007, de 1.572 cc. Mas a moto não aparece em seu visual tradicional. Ela foi customizada para se adaptar ao cenário do final da década de 1950, período em que o longa se passa.

Diários de Motocicleta
“Diários de Motocicleta” – O ator mexicano Gael García Bernal pilotou uma Norton 500 ano de 1939 em suas cenas no longa em que interpreta o guerrilheiro Che Guevara. O modelo, com 490 cm³, é capaz de render 29 cv e velocidade máxima de 125 km/h. Nada mau para a época em que foi produzida.

O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final
“O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final” – Arnold Schwarzenegger faz coisas inimagináveis no filme de ficção científica. Uma das mais impressionantes é saltar de uma altura de cerca de três metros com sua Harley-Davidson FLSTF Fat Boy, uma 1338 cm³ de 56 cv. No filme, de 1991, também aparece em sequências de ação uma Honda XR 125.

O Selvagem da Motocicleta
“O Selvagem da Motocicleta” – A produção aborda o universo das gangues de motociclistas. A Kawasaki teve alguns de seus modelos da época utilizados nas gravações, com destaque para a Z440 LTD, de 47 cv, pilotada por Mickey Rourke. Mas também dão expediente no longa uma Kawasaki  GPz550 e uma KZ 1000, entre outras.

Sem Destino
“Sem Destino” – Lançado em 1969, o drama aventureiro mostra dois amigos que cruzam o Sul dos Estados Unidos em busca de liberdade. Na jornada, usaram duas Harley-Davidson FLH Hydra-Glide, fabricadas em 1949. As motocicletas eram equipadas com motor Panhead, um V-Twin de dois cilindros de 1.213 cm³, com 55 cv.

Fugindo do Inferno
“Fugindo do Inferno” – Steve McQueen sempre foi apaixonado por motos e tornou-se até colecionador de modelos clássicos, chegando a possuir mais de 100 deles. E foi em uma Triumph que ficou marcado pelo salto memorável que deu no longa de ação de 1963. A máquina em questão era uma TR 6S Trophy, uma 650 cc que era das mais utilizadas pelos adeptos do “off-road” da época.

O Selvagem

“O Selvagem” – O filme de 1953 foi estrelado por Marlon Brando e gira em torno de um líder de uma gangue de motociclistas. Ao dele, a protagonista é uma Triumph Thunderbird 6T. A moto, lançada em 1949 e produzida até 1966 pela marca britânica, é uma 650 cc de 34 cv. O modelo ganhou imensa publicidade com o longa, mas importadores da Triumph questionaram, na época, o uso do modelo para retratar uma história ligada a gangues. [Motor Dream]
Partilhe no Google Plus
    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

1 comentários:

  1. Ola me chamo Willian sou dono do site Auto Surf TOP. Veja como receber milhares de visitas diárias gratuitamente em seu site! Acesse: http://autosurf-top.meusurf.com

    Desde já agradeço!

    ADM: Will Mello

    ResponderEliminar